Em tempos de Olimpíadas, vale a reflexão sobre o papel do Líder Treinador!

OLIMPIADAS-LIDER-TREINADOR copyInicio este artigo com uma pergunta, “onde você adquiriu todo seu conhecimento e habilidade para execução de suas tarefas?” Certamente sua resposta não foi sala de aula, chegou à conclusão que foi no dia-a-dia à medida que colocava em prática os conceitos e teorias adquiridos principalmente quando se espelhava naquelas pessoas que assumiram um importante papel em sua vida profissional – o de mentores, não é mesmo?

Um líder competente necessita de diversas habilidades como, capacidade de estabelecer uma boa comunicação, tomar decisões rápidas e coerentes, ser persuasivo, gestor da mudança e motivação, enfim, habilidades que são indispensáveis ao perfil daquele que quer se destacar no comando de pessoas. Contudo, nos dias atuais o líder terá que se preocupar com outro aspecto de maior importância: a capacidade de ser o “treinador” de sua equipe. O líder tem que se conscientizar de que ele é o “técnico da equipe” e, como tal, deve assumir esta missão. Mas isto, não é tarefa fácil de ser exercida, competências específicas devem ser desenvolvidas para alcançar seus objetivos.

No passado, o conhecimento das técnicas de treinamento ou didática da aprendizagem era assunto para professor ou profissional da área de treinamento. Hoje as coisas são diferentes. Quanto mais domínio das técnicas voltadas para o ensino ou treinamento, mais é possível ter o controle sobre o potencial evolutivo da equipe, além de conseguir detectar rapidamente quais competências essenciais que devem ser desenvolvidas.

Considerando que “competência” é o conjunto de conhecimento, habilidade e atitude e, dentre esses fatores o líder somente pode interferir no conhecimento, uma vez que habilidade está relacionada com a repetição daquilo que foi “aprendido” e a atitude está relacionada com a personalidade do trabalhador.

Aqui fica claro o quanto a capacidade de treinar a equipe é de fundamental importância para o sucesso da missão do líder, que poderá a qualquer momento, corrigir desvios ou melhorar ainda mais o potencial de trabalho de seus comandados.

Aproveito aqui para fazer menção a um grande líder, Sr. Bernardo Rocha de Resende conhecido pela maioria das pessoas como Bernardinho, técnico da Seleção masculina de Vôlei do Brasil. Ele mantém um time tão bem treinado que pode substituir um ou mais jogador sem reduzir o desempenho da equipe. Esse é o papel do verdadeiro LÍDER TREINADOR.

Faça seu Comentário